Results

CONMEBOL - Confederación Sudamericana de Fútbol

01/17/2020 | News release | Distributed by Public on 01/17/2020 18:35

10 seleções iniciam a luta por 2 lugares em Tóquio

As dez seleções sul-americanas iniciam seu caminho neste sábado 18 de janeiro por duas vagas aos Jogos Olímpicos de Tóquio com o CONMEBOL Pré-Olímpico sub'23 da Colômbia, que reunirá dezenas de craques com experiência internacional.

O CONMEBOL Pré-Olímpico começará no estádio Hernán Ramírez Villegas, de Pereira, com dois jogos: Equador x Chile e Colômbia x Argentina. A quinta equipe do Grupo A, Venezuela, terá livre.

O Grupo B estreará um dia depois no Estádio Centenário de Armênia, com os jogos Uruguai x Paraguai e Brasil x Peru. A Bolívia terá que esperar três dias para debutar.

As 10 seleções chegam com algumas baixas, mas não tiram de forma alguma o alto nível dos selecionados.

Muitos dos 230 talentos registrados procuram encontrar um trampolim no território colombiano pois é um torneio em que as atuais promessas olímpicas ficarão conhecidas.

Dos 10 técnicos há três argentinos, dois colombianos, dois venezuelanos, um brasileiro, um peruano e um uruguaio. A maioria jogou futebol e faz sombra aos selecionadores absolutos.

O mais experiente é o venezuelano César Farías, que também é o técnico da seleção absoluta da Bolívia.

O Brasil que conquistou o ouro nos últimos Jogos Olímpicos, espera ir pela décima quarta vez. Enquanto a Argentina, ouro em Atenas 2004 e Pequim 2008, busca sua sexta classificação.

Os outros medalhistas olímpicos da região são: Chile, bronze em Sidney 2000; Paraguai, prata em 2004, e Uruguai, ouro em Paris 1924 e Amsterdã 1928.

Nenhum desses três países participou do Rio de Janeiro 2016.

A Colômbia jogou nas Olimpíadas cinco vezes: 1968, 1972, 1980. 1990 e 2016. O Peru esteve apenas em Roma'60 e a Venezuela em Moscou'80, por convite.

Equador e Bolívia tentarão obter sua primeira classificação.

Após a fase de grupos, o CONMEBOL Pré-Olímpico derivará em um quadrangular, de 3 a 9 de fevereiro, que definirá os dois classificados para Tóquio em Bucaramanga.

EFE