Governo do Estado de Amazonas

12/06/2017 | Press release | Distributed by Public on 12/06/2017 17:20

Vinte e três pessoas são presas na capital nesta quarta-feira durante a deflagração da Operação ‘Impacto de Segurança’

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio das polícias Civil e Militar, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (06/12), a operação 'Impacto de Segurança', que foi realizada em sete bairros da zona sul de Manaus. Durante a ação, foram cumpridos 23 mandados prisão e de busca e apreensão, relacionados a crimes distintos.

Após a operação, os 23 presos foram conduzidos ao 1º, 2º, 3º, 7º e 24º Distritos Integrados de Polícia (DIPs), onde foram realizados os trâmites cabíveis. Um adolescente de 17 anos foi apreendido por envolvimento com o tráfico de drogas durante as diligências.

O vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva, disse que os setores de inteligência das forças de segurança do Amazonas estavam atuando para o planejamento dessa operação com o objetivo de combater o tráfico de drogas e o crime organizado. 'Essa é somente uma das operações que nós iremos intensificar durante todo o feriado. Nós temos operação no interior do Estado e na zona norte da cidade e nas regiões mais problemáticas da cidade de Manaus com uma intensidade muito grande das polícias Civil e Militar', ressaltou Bosco.

Drogas e armas apreendidas - No decorrer da operação, foram apreendidos, aproximadamente cinco quilos de cocaína, distribuídos em pedras e trouxinhas, um revólver calibre 38, um revólver calibre 32, uma pistola calibre 380, duas balanças de precisão, além de R$ 4,9 mil em espécie. A operação ocorreu nos bairros Morro da Liberdade, Praça 14 de Janeiro, Japiim, Petrópolis, Centro, Crespo, Santa Luzia e Educandos.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Mariolino Brito, a ação integrada entre as polícias Civil e Militar e a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) é essencial para o saldo positivo das operações. Segundo Brito, as investigações iniciaram no mês de outubro, determinadas pelo governador Amazonino Mendes. 'O nosso objetivo é tirar de circulação pessoas que contribuem para que a segurança do cidadão seja ameaçada. As prisões reúnem vários delitos, como homicídio, furto, roubo, tráfico de drogas e associação ao tráfico', destacou o delegado-geral.

A operação foi coordenada pelo Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da Polícia Civil. De acordo com o diretor do DPM, delegado Geraldo Eloi, os entorpecentes, as armas e os outros equipamentos foram apreendidos durante o cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão. 'Todo o material apreendido será encaminhado à perícia para que sejam confeccionados os lados policiais', completou.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP): Tabajara Moreno (3612-3124, 3612-3125 e 99210-8956) e Paulo Bahia (98154-2531).